Territórios Negros

Porto Alegre - Brasil O Brasil criou uma memória arquitetônica excludente. A grande maioria das praças, ruas e avenidas são nomeadas e ganham monumentos em homenagem à militares, políticos e uma certa elite intelectual que é, na sua grande maioria, branca. Estes pontos são referências cotidianas e turísticas. De forma sutil esta organização monumental e arquitetônica ajuda a invisibilizar ainda mais a presença e a história de nossas minorias. A fim de reparar esta ausência e reafirmar a presença histórica da população negra na cidade, Porto Alegre conta com dois projetos que se intercalam e que ajudam a contar e valorizar a cultura afro-brasileira na cidade. O Territórios Negros promove a visibilidade da presença negra através de um percurso de ônibus que vai parando nas referências espaciais históricas do negro na cidade, contando sobre práticas culturais e modos de vida desde a época da escravidão até os dias atuais, na sua trajetória de exploração, preconceito, luta e resistência até os dias atuais. Em partes do passeio podemos acompanhar as obras do Museu de Percurso do Negro em Porto Alegre, que instalou de obras de arte para evidenciar a presença negra nos espaços públicos da cidade. Fizemos um lindo registro com o pessoal do Territórios Negros. Enquanto a edição não sai, vamos postar este álbum com os pontos de referência do trajeto.

#movimentonegro #direitoshumanos #memória